terça-feira, 12 de março de 2019

25 serviços digitais oferecidos pelas bibliotecas contemporâneas!

Um Grupo de Trabalho Estratégico do Catálogo de Serviços Digitais formado pelo Conselho de Cooperação Bibliotecária da Espanha divulgou em 2018, uma trabalho em forma de infográfico com 25 serviços digitais oferecidos pelas bibliotecas contemporâneas. Vale a pena conferir quais são eles!!

Catálogo de serviços digitais nas bibliotecas
1. Acesso à Internet. As bibliotecas oferecem acesso à Internet através de seus computadores e também por meio da rede Wifi.
2. Computadores e terminais de uso público. Através deles se pode consultar as coleções da biblioteca e a Internet. Algumas bibliotecas, dispõe também de laboratório de informática.
3. Portal web. As bibliotecas contam com sítios web que oferecem informação sobre a biblioteca aos seus usuários. Informação sobre serviços, horários, atividades, contato, etc.
4. Catálogo online OPAC. As bibliotecas colocam à disposição dos seus usuários um catálogo online (opac) onde podem consultar on line a coleção da biblioteca. Como por exemplo o da Pergamum ou Sofia.
5.  Empréstimo de dispositivos eletrônicos. Algumas bibliotecas emprestam ao seus usuários dispositivos móveis como por exemplo: notebooks, tablets ou leitores de livros eletrônicos.
6.  Aplicativos para bibliotecas. Muitas bibliotecas e redes de bibliotecas estão desenvolvendo ou instalando aplicativos para dispositivos móveis para que seus usuários acessem a informação, conteúdos e serviços oferecidos por elas, como por exemplo a gestão de empréstimos.
7.  Plataformas de empréstimo digital. Para o empréstimo e consulta de conteúdos eletrônicos (livros eletrônicos, áudio livros, audiovisuais…), tanto online como sem conexão.
8.  Bibliotecas digitais patrimoniais. Estas bibliotecas digitais permitem consultar, ler e também baixar distintos fundos patrimoniais digitalizados. Como por exemplo livros, manuscritos, postais…
9.  Imprensa e revistas. Algumas bibliotecas oferecem a sus usuários o acesso online a distintas publicações periódicas como jornais e revistas.
10. Depósito Legal das publicações on line. Existem vários depósitos e arquivos onde os conteúdos digitais são conservados em função de una serie de prioridades. Um desses arquivos é o Arquivo da web espanhola.
11.  Bases de dados. As bibliotecas universitárias e especializadas oferecem aos seus usuários o acesso a determinadas bases de dados com publicações científicas.
12.  Repositórios institucionais. Outras oferecem o acesso a bases de dados nas quais se conserva e difundem os trabalhos acadêmicos e de pesquisa das unidades acadêmicas ou centros de pesquisa.

13.  Pergunte ao bibliotecário. As bibliotecas oferecem distintos canais de comunicação e de resolução de dúvidas aos seus usuários. Este contato pode ser através de correio eletrônico ou chat.
14.  A biblioteca como contato por dispositivos móveis. Outras bibliotecas oferecem contato com seus usuários através de aplicativos de mensagens como o WhatsApp ou Telegram
15.  FAQs. As bibliotecas oferecem uma lista online de perguntas frequentes que suas respectivas respostas.
16.  Informação bibliográfica. As bibliotecas oferecem bibliografias específicas sobre um determinado tema ou autor. Outras oferecem serviços de alerta como por meio de Disseminação Seletiva da Informação (DSI).
17.  Redes sociais, blogs, newsletter, sindicação de conteúdos. Para estar em contato com seus usuários e mantê-los informados, muitas bibliotecas estão presentes em distintos canais de comunicação e/ou utilizam distintas ferramentas para mantê-los informados.
18.  Realidade aumentada. Algumas bibliotecas estão experimentando com a realidade aumentada para oferecer uma visualização mais enriquecida de seus conteúdos.
19.  Acesso ao documento. Quando uma biblioteca não dispõe de um determinado material, seus usuários podem solicitá-lo a outras bibliotecas através de Internet.
20.  Formação. As bibliotecas oferecem acesso a documentos online como guias digitais ou vídeo tutoriais nos quais se aprende a utilizar os recursos da biblioteca, como por exemplo e catálogo online.
21.  Gestão e trâmites: Carteira do usuário. Muitas bibliotecas facilitam a solicitação da carteira do usuário da biblioteca através de Internet.
22.  Gestão e trâmites: Minha Biblioteca. Através do espaço “Minha Biblioteca”, os usuários das bibliotecas podem realizar e gerenciar diferentes serviços como renovar empréstimos, reservar documentos, guardar pesquisas online realizadas.
23.  Exposições virtuais online. As bibliotecas oferecem através da web exposições virtuais para fazer com que os usuários conheçam suas coleções, e se aprofundem em determinados temas, realizar comemorações ou datas expressivas.
24.  Clubes de leitura online. Não são poucas as bibliotecas que estão desenvolvendo clubes de leitura online. Clubes que as fronteiras temporais e de distância.
25.  Emissão em streaming de cursos, conferências, etc. Cada vez mais bibliotecas transmitem ao vivo as atividades que realizam. Atividades como encontros, congressos, apresentações, debates, exposições.

CBBD 2019 - Submissões e Temáticas para o Evento.

Desigualdade e Democracia: qual é o papel das bibliotecas?


Para quem quiser se programar para participar do maior evento nacional da área da Biblioteconomia no Brasil este ano de 2019, será realizado no Centro de Convenções de Vitória-ES, de 01 a 04/10 de 2019. O site oficial do evento é o www.cbbd2019.com.

A temática criada pela FEBAB para a 28ª. edição do Congresso Brasileiro de Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação que entende que a responsabilidade dos bibliotecários – reafirmada em seu juramento, – onde se compromete a defender a democracia, a liberdade de expressão e a inclusão de todos e para isso ter a consciência do importante papel de colaboração na sociedade atuando com ética, compromisso e coragem. 

O CBBD 2019 tem como objetivo discutir o estado da arte da Biblioteconomia e da Ciência da Informação e integrar os profissionais das bibliotecas brasileiras de todas as tipologias: escolares, públicas, comunitárias, universitárias e especializadas.
Para submeter trabalhos os autores tem até as 23h59 do dia 20 de abril de 2019. Existem duas modalidades : Resumo expandido de comunicação científica ou Resumo expandido de relato de experiência de 3 a 5 páginas.
A Comissão Avaliadora indicará formato de apresentação: se pôster ou comunicação oral. Todos os trabalhos serão publicados em Anais. Para os trabalhos  melhores avaliados o autores  serão convidados a apresentarem a versão na íntegra para serem publicados na Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação (RBBD).

  • Videografias:  vídeos de até 5 minutos acompanhados de um Resumo de até 3 páginas, aliando imagens com teoria e experiências. Trabalhos com melhor avaliação serão publicados na RBBD. Para essa forma de apresentação será uma escolha do(s) autor(es). Indicar no template.

  • Todos os trabalhos (comunicação oral, pôster e videografia) deverão seguir os modelos apresentados. No caso de videografia está restrita aos relatos de experiências.

São ao todo 15 eixos temáticos para que os autores escolham em qual vai se enquadrar a sua submissão: 
Eixo 1 - Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU observar apenas os Objetivos 4, 8, 10 e 16.
Eixo 2 - Ninguém fica para trás - Iniciativas voltadas à acessibilidade para pessoas com deficiência, inclusão social e enfoque de gênero.
Eixo 3 - Cultura do privilégio 
Eixo 4 - A expansão desenfreada das tecnologias
Eixo 5 - O farol do advocacy (movimento associativo)
Eixo 6 - Gestão de bibliotecas
Eixo 7 - Construção e identidade profissional
Eixo 8 - Ciência da Informação
Eixo 9 - Evento paralelo - 2º Fórum das Bibliotecas de Arte
Eixo 10 - Evento paralelo - XI Seminário Brasileiro de Bibliotecas das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Eixo 11 - Evento paralelo - IV Fórum de Biblioteconomia Escolar: Pesquisa E Práticas Rumo ao Desenvolvimento Humano
Eixo 12 - Evento paralelo - V EEPC Encontro de Estudos e Pesquisas em Catalogação
Eixo 13 - Evento paralelo - 6º Seminário Nacional de Documentação e Informação Jurídicas
Eixo 14 - Evento paralelo - I Fórum Brasileiro das Bibliotecas Prisionais
Eixo 15 - Evento paralelo - I Fórum de Bibliotecas Universitárias.
As inscrições tem preço diferenciado até 30/06/2019 após essa data o valor começa a aumentar.
Nos vemos lá!

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Most Spectacular Libraries Around The World - Bibliotecas mais Impressionantes pelo Mundo

Resolvi no meu ócio criativo fazer um mapa com as fotos ou vídeos das bibliotecas mais espetaculares pelo mundo. A tarefa não é fácil pois geolocalizar esses espaços as vezes é complicado quando o mapa está numa língua que não é o inglês, português ou espanhol que são as línguas que conheço mas o esforço é válido.
Sei que muitos vão dizer que faltam muitas nessa lista mas peço ajuda por meio dos comentários indicando aqueles que quiserem incluir alguma biblioteca que deixem o site oficial e o nome completo da biblioteca.
A lista é formada por Bibliotecas Públicas, Universitárias e Nacionais da Alemanha, Brasil, Chile, China, Coréia do Sul, Egito, EUA, França, Itália, Irlanda, Noruega, Portugal, Reino Unido e República Tcheca.
Estou a procura das bibliotecas da América Latina para incluir na lista se alguém puder mandar a lista me informa aqui nos comentários.
Uma dica final cliquem nos balões para ver algumas fotos ou vídeos.
Para quem quiser ver o mapa num tamanho de tela maior clique no link

sexta-feira, 26 de junho de 2015

XVI Enancib 2015

XVI Encontro Nacional de Pesquisa em Pós-Graduação em Ciência da Informação - XVI Enancib 2015 na Paraíba.

De 26 a 30 de outubro irá acontecer o XVI Enancib 2015 em João Pessoa - PB.
Com o tema “Informação, Memória e Patrimônio: do documento às redes”, será realizado no período de 26 a 30 de outubro de 2015, no Campus I da Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa/PB.
As submissões de trabalhos vão do dia 25 de junho a 31 de julho de 2015.
Para submeter trabalhos os autores podem escolher uma das seguintes áreas:
GT 1: Estudos Históricos e Epistemológicos da Ciência da Informação
Estudos Históricos e Epistemológicos da Ciência da Informação. Constituição do campo científico e questões epistemológicas e históricas da Ciência da informação e seu objeto de estudo - a informação. Reflexões e discussões sobre a disciplinaridade, interdisciplinaridade e transdisciplinaridade, assim como a construção do conhecimento na área.
GT 2: Organização e Representação do Conhecimento
Teorias, metodologias e práticas relacionadas à organização e preservação de documentos e da informação, enquanto conhecimento registrado e socializado, em ambiências informacionais tais como: arquivos, museus, bibliotecas e congêneres. Compreende, também, os estudos relacionados aos processos, produtos e instrumentos de representação do conhecimento (aqui incluindo o uso das tecnologias da informação) e as relações inter e transdisciplinares neles verificadas, além de aspectos relacionados às políticas de organização e preservação da memória institucional.
GT 3: Mediação, Circulação e Apropriação da Informação
Estudo dos processos e das relações entre mediação, circulação e apropriação de informações, em diferentes contextos e tempos históricos, considerados em sua complexidade, dinamismo e abrangência,bem como relacionados à construção e ao avanço do campo científico da Ciência da Informação, compreendido em dimensões inter e transdisciplinares, envolvendo múltiplos saberes e temáticas, bem com contribuições teórico-metodológicas diversificadas em sua constituição.
GT 4: Gestão da Informação e do Conhecimento
Gestão de ambientes, sistemas, unidades, serviços, produtos de informação e recursos informacionais. Estudos de fluxos, processos, uso e usuários da informação como instrumentos de gestão. Gestão do conhecimento e aprendizagem organizacional no contexto da Ciência da Informação. Marketing da informação, monitoramento ambiental e inteligência competitiva. Estudos de redes para a gestão. Aplicação das tecnologias de informação e comunicação à gestão da informação e do conhecimento.
GT 5: Política e Economia da Informação
Políticas de informação e suas expressões em diferentes campos. Sociedade da informação. Informação, Estado e governo. Propriedade intelectual. Acesso à informação. Economia política da informação e da comunicação; produção colaborativa. Informação, conhecimento e inovação. Inclusão informacional e inclusão digital. Ética e informação.  Informação e meio ambiente.
GT 6: Informação, Educação e Trabalho
Campo de trabalho informacional: atores, cenários, competências e habilidades requeridas. Organização, processos e relações de trabalho em unidades de informação. Sociedade do Conhecimento, tecnologia e trabalho. Saúde, mercado de trabalho e ética nas profissões da informação. Perfis de educação no campo informacional. Formação profissional: limites, campos disciplinares envolvidos, paradigmas educacionais predominantes e estudo comparado de modelos curriculares. O trabalho informacional como campo de pesquisas: abordagens e metodologias.
GT 7: Produção e Comunicação da Informação em Ciência, Tecnologia & Inovação
Medição, mapeamento, diagnóstico e avaliação da informação nos processos de produção, armazenamento, comunicação e uso, em ciência, tecnologia e inovação.  Inclui análises e desenvolvimento de métodos e técnicas tais como bibliometria, cientometria, informetria, webometria, análise de rede e outros, assim como indicadores em CT&I.
GT 8: Informação e Tecnologia
Estudos e pesquisas teórico-práticos sobre e para o desenvolvimento de tecnologias de informação e comunicação que envolvam os processos de geração, representação, armazenamento, recuperação, disseminação, uso, gestão, segurança e preservação da informação em ambientes digitais.
GT 9: Museu, Patrimônio e Informação
Análise das relações entre o Museu (fenômeno cultural), o Patrimônio (valor simbólico) e a Informação (processo), sob múltiplas perspectivas teóricas e práticas de análise. Museu, patrimônio e informação:  interações e representações. Patrimônio musealizado: aspectos informacionais e comunicacionais.
GT 10: Informação e Memória
Estudos sobre a relação entre os campos de conhecimento da Ciência da Informação e da Memória Social. Pesquisas transdisciplinares que envolvem conceitos, teorias e práticas do binômio ‘informação e memória’. Memória coletiva, coleções e colecionismo, discurso e memória. Representações sociais e conhecimento. Articulação entre arte, cultura, tecnologia, informação e memória, através de seus referenciais, na contemporaneidade. Preservação e virtualização da memória social.
GT 11: Informação & Saúde
Estudos das teorias, métodos, estruturas e processos informacionais, em diferentes contextos da saúde, considerada em sua abrangência e complexidade. Impacto da informação, tecnologias, e inovação em saúde. Informação nas organizações de saúde. Informação, saúde e sociedade. Políticas de informação em saúde. Formação e capacitação em informação em saúde.

Mais informações podem ser obtidas no site do evento no link.

domingo, 24 de maio de 2015

EDICIC 2015 - MADRID Espanha


Nos dias 16 e 17 de novembro de 2015 em Madrid, Espanha irá acontecer o evento EDICIC 2015.
Desta vez quem organiza é a Universidad Complutense de Madrid por meio da Facultad de Ciencias de la Documentación.
O encontro bianual entre docentes e pesquisadores da área já é uma referência internacional que reúne diversos participantes da Espanha, Portugal, Iberoamérica e Caribe.
O site oficial do evento http://www.edicic2015.org.es/
Objetivos:  Trocar idéias, discutir e refletir sobre os desafios e oportunidades da Ciência da Informação e Documentação às mudanças permanentes que enfrentamos na sociedade digital, tais como desafios: 
·       Uso pessoal e social das TIC
·       A web semântica e dados vinculados (linked data)
·       O acesso aberto e reutilização de informação
·       Digitalização, preservação digital e curadoria digital
·       Competências digitais e informacionais
·       A gestão documental e do conhecimento nas organizações
·       O arquivo eletrônico e e-administração
Subtemas:
·       Perspectivas de investigação.
·       Ciência e Sociedade.
·       Ensino e inovação.
·       Indústrias criativas e culturais.
·       Novos perfis profissionais e padrões de desempenho.
·       Cultura da informação.
·       Epistemologia da Ciência da Informação e Documentação.
Datas importantes:
·       21 de junho de 2015: Prazo para apresentação do texto completo 
·       19 de julho de 2015: Aviso aos / as autores / da aceitação ou solicitação de revisões.
·       30 de agosto de 2015: Prazo para apresentação de textos data final.
·       16 e 17 de novembro de 2015: VII Encontro Ibérico EDICIC 2015

As inscrições estão abertas. Clique aqui Até 31 de julho de 2015: Palestrantes e participantes: 100 € Estudantes: 30 € Depois de 31 de julho de 2015: Palestrantes e participantes: 120 € Estudantes: 40 €

sábado, 2 de maio de 2015

XII CINFORM - Encontro Nacional de Ensino e Pesquisa em Informação

XII CINFORM - Encontro Nacional de Ensino e Pesquisa em Informação é um evento promovido pelo Instituto de Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia e nesta edição discutirá as atividades da informação para o desenvolvimento do protagonismo social. Informação, cultura e memória social. Informação e cidadania. Informação, empreendedorismo e desenvolvimento social. Atuação de arquivos, bibliotecas e museus para o protagonismo social.
A submissão de trabalhos ocorre até 05 de JUNHO de 2015. 
Os Eixos temáticos
O XII Cinform tem como tema central a “Informação e Protagonismo Social”, assim os trabalhos a serem submetidos para apresentação oral, dentro da perspectiva de cada temática dos cincos eixos aqui listados deverão tangenciar o tema geral do evento.
  • Eixo 01 – Estudos teóricos e epistemológicos da Ciência da Informação;
  • Eixo 02 – Organização e Representação da Informação e do Conhecimento;
  • Eixo 03 – Mediação, Produção e Circulação para o acesso, uso e apropriação da Informação;
  • Eixo 04 –Política de Informação, Patrimônio e Memória;
  • Eixo 05 – Informação, Tecnologia e Inovação.
As regras para submissão de trabalhos completos podem ser vistas no link.
Saiba mais sobre o evento no site oficial.

IV Seminario Hispano Brasilero de Investigación en Información, Documentación y Sociedad

Chamada de Trabalhos para a 4a edição do Seminario Hispano Brasilero de Investigación en Información, Documentación y Sociedad promovido pelas Universidades de Brasília, Universidade Complutense de Madrid e agora a Universidade Estadual de São Paulo (UNESP) - Campus de Marília.
O evento acontece de 24 a 26 de junho de 2015 e tem as seguintes linhas de pesquisa:

  • Alfabetização Informacional
  • Gestão, Mediação e Uso da Informação
  • Informação e Tecnologia
  • Política de Informação
  • Produção e Organização do Conhecimento
  • Unidades de Informação e Desenvolvimento Sustentável
  • Pesquisa, Inovação e Ensino
  • Acesso a Informação e a Memória.

A data de submissão dos trabalhos vai até 15 de maio de 2015.
As regras de submissão podem ser acessadas no link

terça-feira, 10 de março de 2015

Metrô de Pequim lança parceria com Biblioteca Nacional da China para oferecer ebooks grátis.

A companhia que gerencia o metrô de Pequim (Beijing MTR Corporation) na China, lançou em 12 de janeiro de 2015, uma iniciativa junto com a Biblioteca Nacional da China (National Library of China - NLC) que permite aos passageiros que utilizam os smartphones para acessar a rede wifi/4G subterrânea e poderem descarregar ebooks gratuitos completos por meio de códigos QR espalhados nas estações.
Figura 1. Cartaz Metrô de Pequim com o código QR.
A iniciativa conhecida como "M Subway Library" é um projeto sem fins lucrativos que pretende ampliar novas formas de cultura não-rentáveis. Em parceria com a Beijing MTR que desenvolve projetos de responsabilidade social a NLC pretende aumentar a conotação cultural dos equipamentos públicos oferecendo livros de ficção e literatura que ajudem a incentivar o gosto pela leitura nos vagões dos trens subterrâneos. Iniciativa semelhante a essa já existia, por exemplo no metrô de Bucareste, na Romênia, quando a companhia de telecomunicações Vodafone imprimiu nas paredes da estação de metro figuras com prateleiras de livros para divulgar um projeto de biblioteca digital da Vodafone onde é possível baixar gratuitamente por meio de código QR, parte de livros composto de 49 títulos de ebooks e 10 audiolivros  da editora Humanitas. 
Figura 2. Cartaz da Biblioteca Digital Vodafone no Metrô de Bucareste.
Caso o leitor queira ler o livro completo a biblioteca digital da Vodafone possibilita que seja direcionado para o site da Humanitas para que ele possa comprar o ebook.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

XXVI CBBD - Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 2015

O XXVI CBBD - Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 2015, já está com página web no ar http://www.acquaviva.com.br/cbbd2015/xxvi-cbbd.php com o tema "Biblioteconomia, ciência e profissão" irá acontecer em São Paulo-SP, entre os dias 21 a 24 de julho de 2015.
Com o intuito de trabalhar na linha das principais organizações internacionais da área de biblioteconomia, o XXVI CBBD pretende contemplar aspectos relacionados com "Advocacy para a gestão das bibliotecas brasileiras", abordando temas contemporâneos da biblioteconomia por meio de palestras, mesas redondas, posteres digitais, eventos paralelos e um espaço novo chamado "Conversando sobre..." que envolve dois especialistas que irão discutir sobre o assunto por meio das práticas profissionais com o intuito de gerar uma discussão com a platéia.
Em relação à apresentação de trabalhos estes deverão ser submetidos até as 24hs do dia 31 de março de 2015, e poderão ter um dos seguintes eixos temáticos:
Eixo I: Gestão de bibliotecas: aquisição e tratamento de materiais no ambiente físico e virtual, curadoria digital, coleções especiais, desenvolvimento de serviços e produtos inovadores, bibliotecas digitais e virtuais, portais e repositórios, sustentabilidade.
Eixo II: Biblioteconomia, acessibilidade e inclusão social: cidadania, programas e projetos de leitura, bibliotecas como espaço de aprendizagem.
Eixo III: Advocacy: defesa e promoção dos serviços das bibliotecas e da profissão de bibliotecário. os movimentos associativos.
Eixo IV: Captação de recursos: projetos e processos para ampliação das verbas e uso racional dos recursos em bibliotecas.
Eixo V: Comunicação científica, formação do bibliotecário e o ensino de biblioteconomia.
Eixo VI: 2º. Fórum Brasileiro de Biblioteca Escolar: pesquisa e prática.
Eixo VII: 4º Fórum Brasileiro de Bibliotecas Públicas: “Inovação, Desenvolvimento e Sustentabilidade".
Eixo VIII: Organização e Representação da Informação: tecnologias e novas ferramentas, produtos e serviços, políticas, cooperação.
Os modelos para a apresentação já estão disponíveis no site do evento.