quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Mensagem de Natal e Reveillon 2009

Boa noite a tod@s,

Aqui está o video que levei a tarde o começo da noite para editar.
Ufa!!!
A trilha sonora foi a que pude escolher na hora.
Mas acho que ficou bom!! São cerca de 3min.

David

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Indicação do Bitbiblio Best Blogs Brazil 2008


Olá a todos que passam por este humilde blog.
Terminamos o semestre (3 disciplinas é duro!!), orientamos 32 artigos para ver se pelo menos 1 vai para congresso ano que vem.... Mas estou de volta e aguardando ansioso pela Vânia para postarmos novidades de tecnologia para a biblioteconomia.
Quero convidar a todos que estão aqui para votar neste blog (em primeiro lugar claro!!) para o concurso Best Blogs Brazil 2008. Para votar é fácil é só clicar neste link e indicar o nome de 5 blogs. Lá vocês colocam o nome: Bitbiblio url: http://bitbiblio.blogspot.com e a categoria:educação.
Quero ver pelo menos uns 300 votos rs
Abraços

David

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Concurso UFC Cariri Biblioteconomia 5 vagas


Abriram inscrições para o concurso para professor do curso de Biblioteconomia da UFC Cariri em Juazeiro do Norte. As inscrições se encerram no dia 05 de dezembro de 2008.
SETOR DE ESTUDO REGIME VAGA
Pesquisa 40 h/DE 01 vaga
Fundamentos Teóricos da Biblioteconomia e Ciência da Informação 40 h/DE 01 vaga
Organização e Tratamento da Informação 40 h/DE 01 vaga
Recursos e Serviços de Unidades de Informação 40 h/DE 01 vaga
Gestão de Unidades de Informação 40 h/DE 01 vaga

A inscrição pode ser feita, de forma presencial ou por procuração,na Secretaria do Campus da UFC no Cariri ou na Secretaria da Superintendência de Recursos Humanos – SRH / UFC em Fortaleza,

Poderá inscrever-se o candidato portador de:
a) Diploma de Graduação, no mínimo, obtido na forma do disposto na Resolução nº 16/2008-CEPE;
b) histórico escolar do curso de graduação ou pós-graduação stricto sensu, que comprove haver correlação com o setor de estudo objeto do concurso.
Quem quiser conhecer mais sobre a UFC Cariri entre no site
Veja o edital completo aqui.

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Núvem Informativa e computação em nuvem nas bibliotecas


Há quase um ano atrás havia colocado aqui no blog as 10 principais tendências tecnológicas para bibliotecas nos próximos anos. Durante esse tempo acompanhei as discussões mas não trabalhei a sua ascendência. Dentre as 10 quero destacar duas que vou trabalhar neste post ou poderia dizer artigo são elas: as ferramentas de colaboração e a arquitetura cinzenta(cloud architecture).
Para introduzir preciso colocar o surgimento desta questão, em 2002 a Google e a IBM tiveram a ótima idéia de criar o que alguns colocam como a nova fronteira digital que foi denominada Nuvem Informativa (Information Cloud).
O modelo criado pela indústria de microcomputadores e software formado no começo da década de 1980 indicava que todo computador para rodar uma aplicação necessitava que fosse instalado na máquina o aplicativo e os arquivos criados fossem armazenados na máquina ou em dispositivos de armazenamento removíveis(disquetes, cd-roms, pen-drives).
Com a Nuvem Informativa, o paradigma agora muda ou seja não é mais necessário instalar o aplicativo no próprio computador, nem armazenar o arquivo nele neste caso utilizam-se aplicativos baseados na plataforma web como o Google Docs e salvar os arquivos em um servidor virtual remoto surgindo então um espaço virtual sem dono.
Esse modelo para o qual os dados são armazenados em computadores remotos é chamado de Computação em nuvem (Cloud Computing). Alguns colocam como um modelo colaborativo em que é possível compartilhar arquivos com diversas pessoas proporcionando um trabalho em grupo porém o direito autoral e a confidencialidade das informações ainda não é assegurado.
O artigo de Carlos Castilho do jornal Observatório da Imprensa reforça estes conceitos vistos aqui.
Recentemente a Microsoft preocupada com o desempenho do sistema operacional Windows Vista já discute para 2010 a introdução da nova versão de seu sistema para microcomputadores o Windows 7, que irá trazer estes conceitos de computação em nuvem incluindo o seu pacote office(Word, Excel e Powerpoint) que poderá ser usado acessando um endereço da web sem precisar instalar no microcomputador.
Analistas do Gartner Group listaram no simpósio realizado em outubro passado as 10 tecnologias que serão as tendências mais estratégicas para as organizações em 2009. São elas: 1) a virtualização de computadores, 2)a computação em nuvem, 3) os servidores blade, 4) as arquiteturas orientadas na web, 5) os mashups organizacionais, 6)sistemas especializados, 7) softwares e redes sociais, 8) as comunicações unificadas, 9) o sistemas de business intelligence e a 10) TI Verde o artigo completo está em inglês.
Para finalizar este artigo coloco uma referência de artigo voltada para a área acadêmica escrito por Young publicado exatamente ontem se chama "3 Ways Web-Based Computing Will Change Colleges", o autor destaca 3 maneiras que a computação baseada na web irá trazer de desafio para as Universidades. Os desafios são: o compartilhamento de informações em qualquer lugar; o compartilhamento de supercomputadores de várias universidades para pesquisas científicas; o redimensionamento dos departamentos ou núcleos de tecnologia da informação das universidades; talvez a otimização dos serviços de TI oferecidos pelas universidades sofram um impacto expressivo.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Aberta inscrições mestrado em ciência da informação UFPB 2009

Sendo reconhecido pelos colegas acadêmicos por um dos mais lembrados cursos de formação acadêmica em Ciência da Informação na região nordeste o curso de Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba em João Pessoa está abrindo inscrições para o mestrado na área para o processo seletivo que irá iniciar em 2009.
O edital contempla as seguintes linhas de pesquisa e são oferecidas 20 vagas para o mestrado:
1-Memória, Organização, Acesso e Uso da informação (11 vagas)
2-Ética, Gestão e Políticas de Informação (9 vagas)

As inscrições serão realizadas no período de 12/01/2009 a 23/01/2009.
Veja aqui o Folder e o Edital

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Nova Zelândia oferece bolsas de estudos para bibliotecários brasileiros

A Nova Zelândia possui dois programas de bolsas de estudos destinados a brasileiros que querem empreender seus estudos em nível de Mestrado ou Doutorado.

O Programa de Bolsas de Estudos da Agência de Desenvolvimento da Nova Zelândia prioriza candidatos brasileiros que se propõem realizar seus estudos em áreas ligadas à boa governança, as quais abrangem (mas não excluem outras): Estudos sobre desenvolvimento, economia, finanças, estudos relacionados a gênero, administração de recursos humanos ou desenvolvimento, administração de informação (bibliotecas, arquivos e ASI), direito internacional, direito comparativo, ciência política, políticas públicas/finanças do setor público, administração pública, administração de projetos, pesquisa e demografia social, política social, estudos indígenas, estatísticas/monitoria e avaliação.

Mais informações sobre os programas: Clique aqui.

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Uma maneira simples de ler livros com praticidade


Olá pessoal! Aqui encontrei mais uma dica de site para a quem não tem paciência para sentar num sofá e ler um livro. É um site chamado Leitura Diária que disponibiliza obras renomadas de escritores como Machado de Assis, João Cabral de Melo Neto, Edgar Allan Poe e muitos outros.

Todas as obras são em português e o leitor virtual tem a vantagem de poder assinar um livro e recebê-lo em partes, por e-mail. Ainda é possível escolher o tempo de leitura (de cinco a 30 minutos), os dias da semana e uma previsão do período em que se deseja ler.

Dicas de Site


Essa dica da Font Cubes é uma página que possui mais de mil tipos de diferentes tipos diferentes de fontes para editores de texto dispostas para download gratuito.

É possível encontrar fontes de coleções livres com a autorização de seus autores/criadores nas listagens. Também é ofereceido a marcação das fontes favoritas e manter-se a par daquelas em que foram usadas em seus projetos.

São dispostas fontes de filmes, de Cd's de bandas, de seriados, assinaturas e diversos ícones. Ainda dispõem de letras corsivas e animadas, com desenhos infantis.

Vale a pena conferir!

domingo, 26 de outubro de 2008

RFID nas bibliotecas brasileiras

A exatos um ano atrás, comecei a falar de RFID aqui no blog e as expectativas continuam no sentido de conseguir viabilizar a tecnologia no espaço das bibliotecas brasileiras.
Já sabemos que a etiqueta de RFID tem como principio, ser composta de um pequeno chip inserido numa etiqueta adesiva que contém dados gravados digitalmente no chip que identificam aquele produto/embalagem.
Várias empresas já oferecem a etiqueta, junto com todos os equipamentos(hardware) e software necessário para gerir aquele espaço. Um equipamento faz a leitura do sinal captado por uma antena chamada transponder, e um código eletrônico do produto (EPC) identifica-o junto ao sistema.
Para ver mais detalhes desta tecnologia veja o vídeo da siemens que está no youtube logo aqui abaixo neste post.
O video trata ainda de 5 passos para implementar esta tecnologia de autoria de John Loiacono da SUN Microsystems.
São eles:
1- Identifique os objetivos do seu negócio.
2- Defina como irá utilizar a tecnologia.
3- Considerar questões de integração com o sistema que a biblioteca utiliza.
4- Após testar, construir e passar a utilizar a solução selecionada.
5- Sustentar e melhorar a tecnologia que foi adotada na biblioteca.


E você já implementou a tecnologia de RFID na sua biblioteca?? o que me diz??

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Maior clube literário do mundo - LibraryThing


A versão em português do maior clube literário do mundo está on-line em português na Web, é o LibraryThing. Neste site é possível catalogar os livros que você está lendo, descobrir pessoas com leituras parecidas com as suas e fazer contato com muitos autores.

Os membros deste clube trabalham na filosofia wiki e já catalogaram mais de 30 milhões de livros, organiza-se o livro em prateleiras ou em forma de lista.
Coloco que ele trabalha na filosofia wiki porque há espaço de discussão para o conteúdo publicado e além disso há um blog para os seus usuários comentarem sobre determinado assunto.

Alguns destaques deste site:
- Grupos próprios de discussão. Ex. Book talk, Autor Chat, vários outros e o maior deles "Librarians who LibraryThing".
- Discussão mais ativa;
- 520 mil membros (seja você mais um);
- 31 milhões de livros catalogados;
- 50 maiores bibliotecas pessoais armazenadas no LibraryThing;
- 25 livros com mais resenhas;
- 75 maiores autores (as) catalogados.

Vale a pena fazer uma visita virtual neste site e caso tenha algo a acrescentar comente aqui neste post.

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Dica de programação pra quem curte TI

A Lumiar Filmes em parceria com a Rede TV! exibe um excelente programa independente chamado Olhar Digital com conteúdo voltado para Web e outros meios de difusão digital que, além de curta duração, oferece uma excelente gama de dicas, notícias, vídeos, bloga e links. Olhar Digital é exibido aos domingos das 15:30 às 15:55, mas a qualidade é garantida.

Há um destaque para o Laboratório Digital em que são feitos testes com aparelhos tecnológicos e oferecem tutoriais com dicas e aprovações do site.

A dica é: vejam os vídeos que são uma excelente forma de apoio ao ensino de TI, trazem informações sobre as principais ferramentas da TI.

O link é: http://olhardigital.uol.com.br/

sábado, 20 de setembro de 2008

Curso de Biblioteconomia da UFC realiza projeto de incentivo à Leitura


O curso de Bibliote
conomia da Universidade Federal do Ceará - UFC / Cariri, em parceria com o SESC - Serviço Social do Comércio, realizou, pela terceira vez, o projeto de extensão Doutores da Leitura no Circuito Sesc de Incentivo à Leitura, que tem como objetivo promover ações voltadas ao incentivo das práticas leitoras.

O evento aconteceu nos dias 17, 18 e 19 de setembro na cidade de Crato, interior do Ceará e continuará na próxima semana, de 22 à 26 de setembro na cidade de Juazeiro do Norte, também com a colaboração do curso de Biblioteconomia da UFC - Cariri.

As atividades desenvolvidas foram oficinas de texto e desenho, contação de histórias, teatro de fantoches, biblioteca volante (Biblio Sesc), palestras e exposição sobre a vida e obras do escritor brasileiro Machado de Assis.

O "Doutores da Leitura" já conta com uma equipe de
46 alunos do curso, todos comandados pela Profa . Esp. Cleide Rodrigues qua já possui ampla convivência com o desenvolvimento das práticas leitoras e desenvolveu uma série de trabalhos na área.





quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Michelangelo - La Dotta Mano, o livro mais caro do mundo atualmente


"Michelangelo - La Dotta Mano" (Miguel Ângelo - A Mão Sábia", em tradução literal) é o título do livro contemporâneo mais caro do planeta, 100 mil euros, que foi esgotado um mês após seu lançamento, o qual trata sobre a vida e obra de Michelangelo, na Capela de Sistina, no Vaticano.

A capa contém uma réplica em mármore da escultura Madonna della Scala, uma das primeiras obras de Miguel Ângelo em um papel de grande luxo, em puro algodão, produzido à mão, fibra por fibra, bem como sua encadernação que é costurada página por página.

O livro reúne 45 gravuras de desenhos e documentos do artista italiano, além de 83 fotos originais das esculturas de Miguel Ângelo feitas pelo fotógrafo Aurelio Amendola.

O total de livros vendidos foram 33 exemplares, sendo que outros 33 serão destinados a museus de todo o mundo.

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Jogos educacionais e a visão profissional

Olá pessoal fissurado em TI nas bibliotecas... tenho uma dica excelente para propostas de atração, dinamismo e entretenimento para as bibliotecas. São jogos educacionais projetados por estudantes da Carnegie Mellon University Libraries, com interesse em desenvolver habilidades técnicas da área de Biblioteconomia de forma bastante interativa.

Estes jogos educacionais foram desenvolvidos por estudantes de terceiro ciclo do centro de tecnologia do entretenimento, em colaboração com as bibliotecas de universidade, e pela sustentação generosa da Fundação Buhl.

Os resultados estão dispostos na página da Library Arcade, que ainda estão em fase de teste para poder projetar jogos com pulsos técnicos para um posterior versão final dos jogos.

Os serviços abordados pelos dois jogos criados são a 1. Fontes de Informação e 2. Classificação.

1. Você é um estudante que deva ajudar seu par a identificar uma variedade de materiais da pesquisa. Usando o mouse para pegar seus pedidos e use então o catálogo para procurar recursos úteis. Faça seu melhor para ajudá-los rapidamente a terminar sua busca da pesquisa as melhores ferramentas para o trabalho. Jogue aqui!

2. Dentro da Escala. Arquive os livros na ordem correta para aprender como a informação é organizada e categorizada usando o sistema de Classificação Biblioteca do Congresso. Use o cursor do mouse para pegar os títulos e para colocá-los na posição correta pairando sobre o outro livro na prateleira. Jogue aqui!


Os jogos ainda estão abertos à sugestões... Eu, particularmente, gostei mais deste 2°, sobre a Classificação da Biblioteca do Congresso. É uma excelente forma de exercitar o que se aprende em sala de aula.

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

O papel das Bibliotecas no século XXI



A palestra proferida pela Ms. Wendy Zaman (Diretora do Centro de Informação e Pesquisa da Embaixada dos EUA [IRC]) teve grande destaque no auditório da FIEC / Senai - Fortaleza, transmitida por Videoconferência através da infovia CNI com tradução simultânea por intermédio do Projeto Ferramentas de Gestão e Novas Tecnologias: ampliando os horizontes nas áreas de Biblioteconomia e Administração, em parceria com o SENAI - Juazeiro do Norte.

A palestra foi de grande relevância e contou com a presença de 07 (sete) bibliotecários e 65 (sessenta e cinco) estudantes do curso de Biblioteconomia da UFC - Cariri.

A temática principal foi o futuro das bibliotecas: Será que ainda existirão?
Com certeza sim. Os lugares serão mais dinâmicos para a família e bem mais dinâmica através da evolução da Tecnologia da Informação que oferece, em alguns países, mais opções através de TV, programas de computador e a própria Internet que com seu advento trouxe muitos benefícios para as bibliotecas.



O marketing da Biblioteca deve despertar a consciência da população sobre seus serviços (referência, disseminação da informação) tornando-se mais proativas e fundamentais para a comunidade.

Os programas podem ser divididos em:
Programas para jovens:
  • Hora do conto;
  • Grupos de discussão;
  • Concursos.
e Programas para adultos:

  • Discussão sobre livros;
  • Eventos noturnos periódicos;
  • Palestrantes (podenso ser da própria comunidade);
  • Filmes, seguidos de discussão;
  • Aulas sobre o uso da Internet.

Finalmente, ela considerou que as bibliotecas trazem a todos um mundo de conhecimento tanto em sua forma tradicional quanto em sua "nova forma". Elas estão se tornando em espaços dinâmicos, como a própria Web.

Vantagens das Bibliotecas Digitais

Olá pessoal... ainda de volta de férias, trago aqui uma opinião sobre a caracterização das bibliotecas digitais que a cada dia vem trazendo novas perspectivas e visões para seus profissionais e também o público.

As bibliotecas digitais (BD) permitem vantagens, como o tratamento de materiais raros, o acesso remoto e simultâneo, a preservação de documentos originais e a usabilidade. Possui ainda algumas desvantagens mas acredito que a biblioteca deve tomar novos rumos, que é ser centrada no usuário, adaptável às necessidades de informação, dinâmica e, principalmente, oferecer a mudança de mentalidade e não de tecnologia.

E essas características das BDs estão fazendo com que as bibliotecas não tenha mais barreiras e convide seus usuários a participarem ativamente dos seus novos rumos: Biblioteca 2.0.

Esta apresentação so SlideShare traz algumas definições aceitáveis para disponibilizar informações através de ambientes 2.0.

Bibliotecas Digitais
View SlideShare presentation or Upload your own. (tags: rbe escolares)

terça-feira, 12 de agosto de 2008

Volta de férias!! e III videoconferência

Sim a partir de hoje retornamos às atividades e para começar quero anunciar a continuação do nosso projeto de videoconferência.
Após o sucesso da II videoconferência em abril de 2008 com a Sra Adelaide Côrte dessa vez faremos uma videoconferência com a bibliotecária americana Sra. Wendy Zaman.
O evento acontece na próxima semana, dia 19 de agosto de 2008 às 9h e será transmitido para Juazeiro do Norte no auditório do Senai em Juazeiro.
Tema:"O papel das bibliotecas no século XXI"
Palestrante: Wendy Zaman
Formação: Bacharel em Artes com grau em literatura pela American University em Washington DC e Mestrado em Biblioteconomia e Ciência da Informação pela Universidade de Long Island em Nova Iorque.
Profissional com mais de 20 anos de experiência em bibliotecas com passagem pela Asia e Africa. Atuou nos anos de 2003 e 2004 na Índia, Bangladesh, Nepal e Sri Lanka nos Centros de Informação Americanos e também em bibliotecas universitárias. Consultora atualmente é diretora do centro de informação e pesquisa da embaixada dos EUA em Brasília.

Convidamos a todos os bibliotecários da região e estudantes a participarem da palestra.

David

domingo, 13 de julho de 2008

Blog para uma biblioteca especializada 2.0


Sempre que apresento algo sobre o assunto Web 2.0 ou biblioteca 2.0 para os estudantes ocorre de se perguntar sobre algum exemplo de biblioteca que utilize todas as tecnologias da Web 2.0.

Este post é para destacar o site das Bibliotecas da Universidade de Ohio. Porém o que pretendo destacar aqui é o blog da biblioteca especializada que chama-se Business Blog.

O Blog é mantido por Chad Boeninger coordenador de tecnologia da Biblioteca do Departamento de Economia.
Chad também criou um wiki de negócio chamado The Biz Wiki.

Outras tecnologias envolvidas no site das Bibliotecas de Ohio.
- RSS para difusão de informações
- Wordpress como ferramenta do Blog
- Screencast para instrução de uma Base de Dados Lexis Nexis desenvolvido com a ferramenta Wink são vários exemplos.
- Mensagem Instantânea (Digsby, Skype, AIM e Yahoo IM)
- Twitter como rede social para enviar recado para os amigos
- Enquetes ou questionários on-line para permitir a interação com os usuários
- Videos on-line da Blip.tv
Os Screencasts foram desenvolvidos também com Adobe Captivate e DemoStudio.

Senti falta só de uma nuvem de tag no site que foi criado em 2005.
De qualquer forma espero que os leitores gostem deste exemplo.

Concurso de Videos para Estudantes de Biblioteconomia

A Web 2.0 proporciona uma gama de ferramentas que permitem a colaboração. As mais populares e que cresceram muito são as que hospedam vídeos. Pensando nisso a Srta Susan Ariew (sariew@lib.usf.edu) da University of South Florida em Tampa, destacou em sua palestra apresentada no Computers in Libraries de 2008 como os estudantes podem colaborar com vídeos para melhorar a instrução no espaço das bibliotecas.

Através do site Youtube eles realizaram um concurso de vídeos voltados para melhorar a instrução, arquivar projetos ou até promover a biblioteca.

O projeto do video deveria ser formado por uma equipe composta por 2 bibliotecários experientes, um bibliotecário novo, estudantes de pós-graduação em ciência da informação e estudantes de graduação ou segundo grau.

Definiu-se ainda como aparato tecnológico o uso de um computador tipo iMac com muito espaço em disco, o software iMovie que vem com o computador, o Software Garageband para efeitos e edição sonora, o programa Visual Hub para conversão de videos em formatos padrão e o Quicktime Pro para conversão de videos.
O video vencedor pode ser visto no endereço http://www.lib.usf.edu/contest ou se tiver acesso ao Youtube abaixo.


Outros vídeos nesta linha voltada para bibliotecas (todos em inglês sem legendas):
USF Tampa Library Tour - Part 1
Really Last Minute
Building Academic Library 2.0 - Evento realizado na Universidade de Berkeley (EUA)

quarta-feira, 9 de julho de 2008

Map of The World 2.0


Esta semana, visitando um dos meus blogs favoritos, (Metablog) encontrei um site com um extenso número de logos organizados e caracterizando uma espécie de mapa-múndi da Web 2.0, dos quais são os sites que representam a inovação da nova Web Social, como redes sociais, blogs, streaming media (jogos e vídeos).
O mapa é muito bacana!

quinta-feira, 3 de julho de 2008

Praça Digital: uma forma de inclusão à Internet


Neste mês de Julho, assiti uma reportagem interessante sobre a cidade de Parintins - AM e achei muito bacana publicar um post sobre a Praça Digital do Cristo Redentor, a primeira praça com acesso à Internet, banda larga e wireless do País.

A idéia partiu de Craig Barrett, (Intel) que encontrou na cidade capacidade suficiente para se beneficiar da comunicação online, remota o bastante para servir de desafio logístico e conhecida a ponto de chamar atenção - 100 mil turistas assistem anualmente ao festival folclórico do boi-bum.

A partir dessa idéia, Parintins foi conectada ao resto do mundo por uma rede sem fio de alta velocidade, com cerca de 1 megabit por segundo (mbps)
O acesso é gratuito e ainda com uma agradável vista para o Rio Amazonas. Existe coisa melhor?!

Projetos como estes, permitem a inclusão social e digital da comunidade com uso de tecnologia de ponta no Brasil.

segunda-feira, 30 de junho de 2008

Série Grandes Bibliotecas - Biblioteca do Congresso Americano Parte 1


Estou de volta ao Bitbiblio com a Série Grandes Bibliotecas desta vez saindo do velho continente e partindo para as Américas.

Neste caso abro espaço para um post dedicado exclusivamente à uma das maiores bibliotecas do mundo a Biblioteca do Congresso Americano (Library of Congress-LOC) fiz questão de colocar pelas inúmeras novidades que vi recentemente numa visita ao site dela.

Mas o que posso destacar aqui são algumas novidades no espaço criado recentemente chamado myLOC vale a pena fazer uma visita.

A impressão é de quem estuda tecnologia para biblioteca estar passando por vários assuntos da área como por exemplo, preservação digital (com algumas páginas digitalizadas da Bíblia de Gutenberg (1455)), uma parte interativa que lembra os conceitos vistos sobre biblioteca virtual (é possível folhear o livro original em italiano entitulado "O Principe" de Maquiavel), alguns vídeos sobre os espaços da Biblioteca do Congresso. Para quem quer passar tempo um espaço de palavras cruzadas com palavras que remetem a constituição americana. Fotos das estátuas de personalidades famosas no salão principal de leitura.

Tudo isso feito numa parceria entre a LOC, a gigante Microsoft e o provedor Terremark considerado um dos melhores nos EUA. Isso foi só pra falar da seção myLOC.
Vale a pena fazer uma experiência e navegar no site.
O próximo post será com a segunda parte agora falando das tecnologias empregadas no site da LOC.
Gostou?? então comente aqui!! Se não gostou comente também!! rs

segunda-feira, 23 de junho de 2008

II Programa Especial em Ética na Pesquisa


A Universidade Federal do Ceará - Campus Cariri, em parceria com órgãos de fomento à pesquisa, como o CNPq e Funcap, promove em Juazeiro do Norte, o II Programa Especial em Ética na Pesquisa: experiências relacionadas à Ciência, Tecnologia e Inovação. O evento pretende reunir pesquisadores de diversas áreas para discutir a produção e o desenvolvimento do saber, incentivando ações e reflexões relacionadas à ética na pesquisa.
O prazo para envio de trabalhos é até a próxima sexta-feira, 27 de junho.

Maiores informações, no site do Evento:
http://www.campuscariri.ufc.br/portal/evento/


sexta-feira, 20 de junho de 2008

Palestra sobre as Perspectivas para a Empresa 2.0


Nesta quarta-feira, dia 18 de junho, foi proferida a palestra do Prof. David Vernon sobre a Tecnologia da Informação e as perspectivas para a Empresa 2.0, envolvendo os principais mecanismos da Web 2.0 para o âmbito empresarial.
A palestra é um dos resultados do Laboratório de Gestão de Novas Tecnologias da Informação e conta com o apoio de alunos e professores interessados em debater os impactos que a TI traz para o ambiente físico de diversos campos do conhecimento.
Como forma de divulgar a o debate, foi feita uma apresentação multimídia e submetida ao You tube. O link é o seguinte: http://br.youtube.com/watch?v=T2kEvh1f5K8
Vale a pena conferir!

Em breve mais novidades do LAGENTI.

terça-feira, 17 de junho de 2008

MORE - Mecanismo Online para Referências

Olá pessoal! Agora com o curso de Biblioteconomia, me dediquei bastante aos serviços de referências e encontrei esta ferramenta maravilhosa no site da BU da UFSC.

O MORE é uma ferramenta que auxilia na elaboração de referências de acordo com a ABNT.
E ainda é uma ferramenta gratuita e fácil de usar, que produz automaticamente citações no texto e referências no formato ABNT para 15 tipos de documentos partir de formulários próprios desenvolvido em um menu principal.
O programa também automatiza alguns procedimentos, como: a inversão dos nomes dos autores (sobrenome e prenome), uso de letras maiúsculas e minúsculas, grifo no título e pontuação.

Os documentos que o mecanismo oferece são os mais usados no meio acadêmico: livros, dicionários, enciclopédias, teses e dissertações, artigos de revistas, artigos de jornais, nos formatos impresso e eletrônico, além dos documentos exclusivos em meio eletrônico: home-page e e-mail.

Vale a pena conferir!!!

sexta-feira, 13 de junho de 2008

2ª Edição de Feed-se!


Em comemoração ao Dia dos Namorados, aqui veio a 2ª edição de Feed-se, mostrando os últimos acontecimentos e novidades no mundo WEB.

terça-feira, 10 de junho de 2008

Oração do Bibliotecário

Aqui vai uma meditação para os profissionais da informação muito bacana!!!

Oração do Bibliotecário

Senhor, tu me deste o dom da paciência e,
Mais do que ela, o de ouvidor;

De silenciar e de achar justificativas
Para cada "típico" usuário da informação
Que busca o meu auxílio.

Eu sou o elo entre a informação e a necessidade do usuário.
Eu sou o seletor dos documentos.
Eu sou o intérprete dos desejos alheios.

Faze, Senhor, que eu me policie diante da vontade
De interferência na necessidade de outrem.

Eu sou o leitor telegráfico e assíduo de tudo a que tenho acesso.
Faze, Senhor, com que eu saiba discernir entre o necessário
E o desnecessário, a fim de atender às pessoas.

Eu sou o protagonista de cenas isoladas e pesquisas exaustivas.
Faze, Senhor, com que eu possa ser assistido
Pelas pessoas certas.

Senhor, permite que eu me mantenha fiel
Ao compromisso de informar, indistintamente,
A todos que procurarem por uma informação.

Permite que eu não vacile diante dos trabalhos exaustivos.
Que eu não esmoreça diante das críticas.
Que eu não duvide da capacidade
De servir aos amantes da informação.

Permite que eu seja criativo a cada novo sol,
E, quando dele me afastar,
Seja porque me aproximei de ti para sempre.

Amém!


Essa é uma mensagem feita pela bibliotecária Maria Aparecida Sell, de Santa Catarina.

quinta-feira, 5 de junho de 2008

BDTD da UFC: 3ª no ranking do Nordeste


A Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD) da Universidade Federal do Ceará (UFC) já é a terceira no ranking nordestino em número de trabalhos de pós-graduação publicados.
Os trabalhos de mestrado e doutorado podem ocupar mais espaços, através de arquivos eletrônicos e dos Open Archives, que disponibilizam os materiais na Web , possibilitando assim, uma maximização no uso da informação e ampliação da comunicação científica.


A BDTD é uma biblioteca virtual e eletrônica que, através de um portal (UFC), pode tornar facilmente acessível as teses e dissertações, além do acesso pela própria página do Ibict e pelo site de busca Google acadêmico.
Integrar os sistemas de informação de teses e dissertações existentes no País ou por brasileiros no exterior e atender às demandas de informação de gestores de ciência e tecnologia, estão ente as vantagens da Biblioteca Digital.

Segundo o Diretor do Sistema de Bibliotecas da UFC, Jonatan Soares "a Biblioteca Digital está em sintonia com o open archive, que defende que tudo o que seja produzido na universidade esteja aberto a todos, de volta para a sociedade. A UFC está se agregando a essa onda". Concluindo que a meta é disponibilizar tudo o que foi produzido.

Fonte: Universidade Pública, Ano III, n. 43, mai. /jun. 2008.

terça-feira, 3 de junho de 2008

Wikis DE e PARA Bibliotecários


Navegando pela Web encontrei um site que faz uso de ambiente colaborativo (Wikidot) como ferramenta auxiliar da disciplina de Recuperação da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina, criando pela Profa. Úrsula Blattmann em que é apresentado e discutido dicas sobre como recuperar a informação através da plataforma wiki.

Este recurso tem a capacidade de interagir e colaborar com pesquisadores/usuários de diversas áreas, servindo como exemplo para outros profisionais, além dos próprios bibliotecários garantindo maior contato e interação entre a biblioteca e o cliente.

É um exemplo prático da utilização dos wikis para bibliotecários.

terça-feira, 27 de maio de 2008

Um novo ambiente Wiki

Ministrando no minicurso sobre Wikis, e mostrando que a coloboração trazida pela Web 2.0 como forma de representar oportunidades para sites de conteúdo e instituições encontrei três sites que criam e oferecem suporte pessoal de ambientes Wikis, a saber: Wetpaint: www.wetpaint.com , PbWiki: www.pbwiki.com e Tiddlyspot: www.tiddlyspot.com e em um deles (Wetpaint) aproveitei para divulgar um projeto nosso de abertura de um site wiki que explana e abre espaço colaborativo para idéias, conceitos de costumes, crença, turismo e outros da região do Cariri.
Iniciamos alguns tópicos e gostaria de contar com a ajuda de todos nessa colaboração!
O endereço é: http://wikiriri.wetpaint.com

terça-feira, 20 de maio de 2008

Em busca de ferramentas tecnológicas e colaborativas para a Biblioteca


Esta semana iniciei uma aula sobre a ferramenta Wiki, que para Maness (2007) " são essencialmente páginas web abertas, onde qualquer pessoa registrada no wiki pode publicar nele, melhorá-lo, e mudá-lo".

Com os estudos para a apresentação, percebi que o wiki é um ótimo recurso para a Biblioteca 2.0 que está vindo à tona, pois funcionam como uma sala de discussão em grupo sobre determinado tema e que, dentro deste ambiente, essas indagações estarão arquivadas por um grande período de tempo, servindo como uma fonte de referência para posteriores qustionamentos.

A coletividade e a colaboração faz com que o wiki seja diferente das outras páginas da internet pelo fato de estar disponível em um tipo de rede horizontal, em que "eu" coloco o meu conteúdo e "você" pode alterá-lo e que essa interação permite a geração de conhecimento e, conseqüentemente de uma maior audiência por parte dos usuários.

Como os wikis atingiram uma grande expansão e abrange um considerável número de assuntos, iniciativas, grupos, organizações e até de universos fictícios, como cinema, música e teatro, ela deve ser um recurso de grande valor e utilidade pelas atuais bibliotecas, e que algumas delas já constroem até o seu próprio espaço wiki, como as Bibliotecas da Universidade de Ohio, centro-oeste dos Estados Unidos, que contem artigos sobre livros de referência, bases de dados, Web site, e outras guias da pesquisa.

Então, a biblioteca deve promover relações com a dinâmica de conteúdos Web 2.0, como os wikis.

sábado, 17 de maio de 2008

11 Questões sobre automação com Adelaide Côrte



Há exatamente um mês atrás tivemos a excelente possibilidade de realizar a segunda videoconferência do nosso projeto "Ferramentas de Gestão e Novas Tecnologias" com a Especialista e Autora de Livros sobre Automação de Bibliotecas e Arquivos a Sra Adelaide Ramos e Côrte com a participação especial do Sr. Hélio Kuramoto do IBICT.
Para brindar aos alunos só agora publico aqui algumas questões que foram levantadas em sala de aula para que a experiente especialista pudesse responder na semana seguinte à videoconferência.
Eis aqui uma seleção de 11 questões que achamos excelentes o contexto e a resposta!!
1. Na sua concepção: o que impede que muitas bibliotecas universitárias, nos dias de hoje, ainda estejam com um processo lento de automação?
Alguns aspectos, dos abaixo relacionados, devem estar falhando
a)Falta de apoio político institucional
b)Entraves gerenciais – burocracia, escassez de orçamento, dentre outros
c)Parque computacional inadequado
d)Incompreensão do processo como um todo, pelo bibliotecário
e)Apresentação de um projeto competente, pela biblioteca, ao gestor

2. Você acredita que a automação de bibliotecas possa alcançar as bibliotecas escolares? Porque nos dias de hoje, isto ainda é tão difícil? Certamente. E aí reside também nossa esperança para um ensino com maior qualidade. A informatização das escolas públicas é uma das metas previstas no Plano Nacional de Desenvolvimento da Educação (PDE), lançado em 2007 pelo Governo Federal. O programa responsável pela informatização das escolas é o Programa Nacional de Informática na Educação (Proinfo), que existe desde 1997. Este programa é um passo importante para a informatização das bibliotecas escolares. Hoje ainda é difícil, porque o Proinfo ainda não está concluído. Mas, como sociedade civil podemos cobrar agilidade neste processo.

3. Como é feito o sistema de gerenciamento de bibliotecas?
Sem sombras de dúvidas, o processo de gerenciamento de bibliotecas diz respeito à capacidade que o gerente possui de fazer com que os recursos humanos cumpram a missão da biblioteca, com os recursos materiais, orçamentários e financeiros disponíveis. Gerenciar é administrar pessoas e conflitos. Não podemos nos esquecer disto. O gerente por sua vez, dispõe de recursos que permitem realizar suas funções com maior precisão. No caso do processo de automação de bibliotecas é necessário que o software adquirido contabilize estatísticas de circulação, processamento técnico, seleção, aquisição e intercâmbio, atualização de tesauro e listas de autoridades, por período; emita relatórios de circulação por assuntos mais consultados; emita relatórios de circulação por tipo de documentos, por período e acumulado; emita relatórios de empréstimos, por períodos; emita relatórios de entrada e recebimento de documentos, por período; auxilie no inventário com utilização do coletor de dados inteligente e apresente listas de usuários, por categorias.

4. Na perspectiva da Web 2.0, qual software você indicaria para gerenciar uma biblioteca, sendo aquele que dispõe de serviços interacionais?
Aquele que atender todos os requisitos para o desempenho das atividades do ciclo documental: seleção, aquisição, catalogação, classificação, indexação, circulação, guarda, armazenamento, emitir relatórios gerenciais, e cumprir os padrões mínimos internacionais tais como: formato Marc e os vários protocolos de comunicação de dados, tais como o Z39.50 e a ISO 2709.

5. Do surgimento designação “Automação de Bibliotecas” até os dias de hoje, o objetivo é o mesmo?

Inicialmente, a expressão automação, automatização de bibliotecas, estava voltada para a atividade de processamento técnico da informação: catalogação, classificação e indexação, enfim, a criação, manutenção e atualização de bases de dados. A evolução privilegiou o atendimento ao usuário e o processo gerencial.

6. É verdade que os serviços oferecidos pelas bibliotecas parece que são orientadas a um usuário genérico, não levando em conta as preferências do usuário quanto o acesso a informação?
Esse é um engano, um erro, ou uma falha no processo. Todo processo de automação deve privilegiar as necessidades dos usuários. E as leis de Ranganathan ainda prevalecem: para cada leitor o seu livro e para cada livro, seu leitor.

7. Que função tem a TI na automação de bibliotecas?
A automação de bibliotecas remonta à década de 60 nos EUA. No Brasil, à década de 70. O mercado da época apresentava grandes computadores com capacidade de armazenamento muito inferior à de um micro de hoje. Mas naquela época a proposta era de criação de grandes bases de dados. Ainda na década de 1970, a EMBRAPA, por exemplo, a Biblioteca Nacional de Agricultura – BINAGRI, assinavam bases de dados estrangeiras e mensalmente recebiam as fitas com os dados atualizados que repassavam aos usuários via serviço de disseminação seletiva de informações - DSI. Hoje, os grandes computadores deram lugar aos microcomputadores, com capacidade de armazenamento infinitamente maior. Tal como evoluíram as tecnologias de informação, evoluíram os softwares de automação de bibliotecas. Das bases de dados para o processo total do ciclo documental. Por isso, estamos na dependência total das TIs, quando falamos de automação de bibliotecas.

8. No nosso país, automação de biblioteca é mais presente em qual ambiente, grandes centros de informação ou de ensino?
No ensino, nas grandes universidades, talvez pela força da nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação que vincula o conceito A das universidades a um bom sistema de automação de suas bibliotecas. E hoje, a concorrência entre as universidades é grande e todas querem obter o conceito A junto ao MEC, para ampliar seus cursos e seus alunos.

9. É necessário muito recurso para automatizar uma biblioteca?
Sim. Muito para uns e pouco para outros. São necessários recursos para aquisição de software, que hoje gira em torno de 50 a R$100 mil. Recursos para equipar a biblioteca com computadores, recursos para treinamentos e manutenção do sistema.

10. Quais são os desafios de seus usuários?
Os desafios voltados aos usuários dizem respeito ao treinamento e confiança no novo sistema.

11. Qual a sua principal mudança sofrida pela biblioteca após a sua automação?
Agilidade no empréstimo de documentos, facilidade na renovação e reserva e redução da fila de empréstimo de documentos, no balcão de empréstimo.

Sugiro que os comentários venham informando a qual questão se refere. Desculpem a demora na publicação aqui no blog.

Mais uma vez agradecemos por esta oportunidade à Sra. Adelaide Côrte.

sexta-feira, 16 de maio de 2008

Divulgando o projeto de Videoconferência


Nesta quinta-feira, no recém-ingresso de Biblioteconomia, tive a oportunidade de divulgar o projeto do Prof. David: Ferramentas de Gestão e Novas Tecnologias: ampliando os horizontes nas áreas de Biblioteconomia e Administração, em que já realizamos duas palestras com profissionais renomados das duas áreas: o Eng. Dr. Renato Santiago Jr e a Bibliotecária Ms. Adelaide Ramos e Côrte que trouxeram discussões sobre temas bastantes atuais, como a Gestão do Conhecimento e a Automação de Bibliotecas. Tendo como principal recurso tecnológico, a videoconferência.
O bibliotecário, na verdade, gerencia recursos informacionais e trabalha com tecnologias de ponta para tornar a informação acessível ao usuário final.
A finalidade deste projeto é analisar a expansão de novas modalidades formação e aprendizagem à distância ou semi-presencial, baseados em planejamentos instrtutivos em suporte como videoconferências e formação através da internet.
Esta visão se apresenta como alternativa viável na medida em que propicia uma interação que rompe barreiras de espaço e tempo, tendo como efeito, um ambiente de aprendizado mais flexível.

quinta-feira, 15 de maio de 2008

MInicurso Ferramentas Web 2.0


Ontem conclui a 1ª etapa do minicurso sobre Ferramentas Web 2.0 para Profissionais da Informação: Blogs, que foi dedicado ao meu curso de Biblioteconomia, da UFC - Cariri.Os alunos aprenderam a desenvolver e usar essa nova ferramenta e aplicar ao uso bibliotecônomo, bem como técnicas de recursos de terceiros para atrair internautas.Em breve estarei divulgando os endereços dos Blogs... Agora tenho que preparar um material sobre Wikis também voltado para a Biblioteoconomia.

Aceito sugestões...

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Série Grandes Bibliotecas - 3a parte



Continuando com a nossa série das grandes bibliotecas chegamos à 3a parte dela. Desta vez abordando as bibliotecas da Grécia, Hungria, Irlanda, Islândia, Finlândia e não posso deixar de esquecer a dos nossos patrícios e ancentrais, a de Portugal.
- Finlândia - Biblioteca Nacional da Finlândia - situada em Helsinque possui em seu acervo 2.6 milhões de ítens alguns da época de 1640 tendo passado pelo império russo. Em sua coleção existem papiros do século 3 a.C. e o livro mais velho impresso na Finlândia. Possui bases de dados voltadas para a cultura finlandesa e uma base estatística de todos os ítens do acervo que formam a rede de bibliotecas do país.
- Grécia - Biblioteca Nacional da Grécia situada em Atenas, possui uma construção atualmente toda ela em mármore com apenas 2.500 m2, porém segundo texto da Joanna Demopoulos a biblioteca está com uma série de problemas pelo pequeno espaço (acervo de 1.000.000 de ítens) e um sistema com dois catálogos que serão resolvidos com os projetos de modernização que estão em andamento.
- Hungria - A Biblioteca Nacional da Hungria fundada em 1802 tem o nome do aristocrata húngaro conde Ferenc Széchényi. Em 1846 foi construido um prédio para abrigar a biblioteca e o Museu Nacional da Hungria mas em 1949 eles foram separados para finalmente em 1985 ele se mudar para o Buda Castle Palace. Possui 7 milhões de ítens em seu acervo sendo 2 milhões de livros e o restante manuscritos, periódicos, mapas e partituras musicais. Em sua coleção está presente o primeiro livro editado na Hungria em 1473 chamado Chronica Hungarorum. Possui ainda o projeto de uma biblioteca digital renascentista chamada Bibliotheca Corviniana Digitalis.
- Irlanda - National Library of Ireland a Biblioteca Nacional da Irlanda está situada em Dublin foi estabelecida em 1877 e o atual prédio é datado de 1890. E sua biblioteca digital que faz parte do projeto da biblioteca digital européia possui em sua coleção manuscritos e fotografias digitalizadas da cultura irlandesa.
- Islândia - Landsbókasafn Íslands – Háskólabókasafn - Biblioteca Nacional da Islândia - situada em Reykjavik possui um acervo de 450.000 volumes e 14.000 manuscritos foi estabelecida em 1818 e o novo prédio teve sua construção completada em 1994 compreende a biblioteca nacional e a universitária da Islândia e possui em sua coleção principalmente títulos estrangeiros e uma coleção especial de trabalhos de dois autores famosos daquele país (Halldór Laxness and Jón Sveinsson). Possui uma biblioteca digital (timarit.is) com itens digitalizados de periodicos das Ilhas Faroe, Groelândia e Islândia.
- Portugal - A Biblioteca Nacional de Portugal situada em Lisboa, foi criada em 1796 com o nome de Real Biblioteca Pública da Corte possui entre os seus tesouros a Bíblia de Cervera, precioso iluminado hebraico do séc. XIII e a invenção de Gutenberg, a Bíblia de 42 linhas (1454-55). Possui ainda uma biblioteca digital que traz uma coleção composta de ítens dos autores José Saramago, Alberto Caeiro(Fernando Pessoa), Bocage e Florbela Espanca.
Lembrando aos que visitam sempre este blog, todo dia 12 de cada mês teremos um conjunto de grandes bibliotecas para apresentar.

sábado, 10 de maio de 2008

ENANCIB 2008 - Data limite submissão


O ENANCIB (Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação) 2008 já está com a data limite de submissão de trabalhos definida.
Assim como o SNBU 2008 o Enancib irá acontecer na USP.
Aqui estão as informações mais importantes:
- Submissão de Trabalhos Data limite: 30/05/2008
- Normas para trabalhos
Os grupos de trabalhos estão divididos em:
GT1- Estudos Históricos e Epistemológicos da Informação
Coordenadora: Lena Vania Ribeiro Pinheiro (IBICT)
GT2 – Organização e Representação do Conhecimento
GT3 - Mediação, Circulação e Uso da Informação
Coordenadora: Regina Maria Marteleto (UNIRIO)
GT4 – Gestão da Informação e do Conhecimento nas Organizações
Coordenador: Ricardo Barbosa (UFMG)
GT5 – Política e Economia da Informação
Coordenadora: Prof. Dra. Sarita Albagli (IBICT)
GT6 – Informação, Educação e Trabalho
Coordenadora: Helena Maria Tarchi Crivellari (UFMG).
GT7 - Produção e Comunicação da Informação em CT&I
Coordenadora: Ida Regina Chittó Stumpf (UFRGS)
GT8 - Informação e Tecnologia
Coordenador: (a definir)
O evento irá acontecer entre os dias 28 de setembro a 01 outubro de 2008.

Semeando Informação na Web


Nas minhas aulas deste semestre trabalhei no sentido de ampliar a visão do bibliotecário em torno das sementes de informação que estão se espalhando pela internet.
Estas sementes chamadas em inglês de Feeds e já foi comentada aqui pela Vânia. Elas oferecem algo que há muito tempo é cobrado como solução para divulgar informações na internet.
Algumas vezes já fui chamado para ajudar na divulgação de determinado evento da universidade enviando uma lista com inúmeros emails cadastrados.
Porém esta solução é primária e absolutamente fora de cogitação quando temos esta tecnologia à nossa disposição.
Algo a deixar claro, é que não envolve nenhuma ciência, e sim ensinar os potenciais usuários ou clientes, a cadastrarem o feed do site em questão para ficarem atualizados instantaneamente quando este tem uma notícia ou post publicado.
Falando na linguagem científica alguns autores chamam isto de informação seletiva na Web e muitos sites colocam como RSS(Really Simple Sindication) e que em muitos sites vem com uma imagem , que cada vez mais está se tornando conhecida.
Apesar de já estarmos há vários meses no ar só agora estamos disponibilizando o nosso feed para aqueles que lêem o nosso blog e querem assinar é só clicar no ícone que está à direita do blog e selecionar um agregador de notícias.
Se quiserem saber mais sobre esta tecnologia aqui estão alguns sites que exploram ela há algum tempo.
Bruno Torres,

Rafael Arcanjo

quinta-feira, 8 de maio de 2008

Raridade on-line

A Fapesp divulgou nesta última semana a iniciativa do Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo - USP em digitalizar o primeiro dicionário da língua portuguesa disponibilizando o acesso público e gratuito na internet. O Vocabulário portuguez e latino, de autoria do padre Raphael Bluteau (1638-1734), que nasceu em Londres e mudou-se para Portugal em 1668. Segundo a coordenadora do projeto Dicionários no IEB, Márcia Ribeiro, em entrevista à Fapesp, o dicionário é composto por cerca de 43,6 mil verbetes e sistema de busca online permite ainda a navegação pelo dicionário por meio de cada letra do alfabeto. A obra está disposta na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin do IEB.
Vale a pena conferir!

terça-feira, 6 de maio de 2008

Feed-se


Primeiro exemplar da Revista Feed-se, o primeiro agregador de feeds em revista do Brasil, antes anunciada como uma bricadeira em 1° de abril, foi lançada e está disponível em baixa e alta resolução num site, ainda em construção.

O usuário pode solicitar a assinatura cadastrando seu e-mail e ficar recebendo os exemplares, tanto em formato PDF como o próprio Feed.

Eu já fiz o meu download e, confesso que vale a pena conferir!
Editores:

5 Mandamentos do Blogueiro


Estou ministrando um minicurso sobre ferramentas Web 2.0 e, abordando o tema BLOGS, gostaria de divulgar aqui 5 mandamentos para um blogueiro e fica à disposição de todos que quiserem sustentar um blog na Web:

1 - Focar num tema específico de seu domínio
2 - Aprender a colocar em prática técnicas de SEO
3 - Ser um leitor e comentador assíduo de outros blogs
4 - Postar diariamente
5 - Ter um bom RSS

Seguindo esses passos com certeza seus posts serão bem divulgados.

Fonte: INFO exame

quarta-feira, 30 de abril de 2008

BLOG dá dinheiro!

Lendo a Revista INFO do mês de abril, a sessão ZAP!, do Bruno Ferrari, trouxe uma reportagem muito interessante sobre os posts que dão dinheiro.
O número de blogs está aumentando gradativamente, e de acordo com dados da consultoria Comscore, em janeiro, deste ano, os blogs conseguiram 50,2% de toda a audiência da internet no mundo.

Para Ferrari, não basta escrever bem, ser espirituoso ou bem relacionado para transformar esses posts em dinheiro. É preciso ter intimidade com a blogosfera e seus mecanismos, como os de atração de audiência (SEO) e de remuneração.
O dinheiro que sustenta os profissionais dos blogs, vem de programas de publicidade de links, como o Google Adsense (programa de afiliados do Bluettost e do Text-Link Ads) e a média salarial varia entre R$ 3.000 e R$ 21.000.

Alguns blogs remunerados de grande reconhecimento no Brasil:
http://www.contraditorium.com/ e http://www.carloscardoso.com/, de Carlos Cardoso
http://www.perolasdoorkut.com.br/, de Igor Pucci
www.interney.net, de Edney Saza.

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Seminário-Novas tecnologias da informação e o Marketing para Bibliotecas


Olá pessoAll,

O Goethe Institut promove aqui no Nordeste do Brasil juntamente com a ABC-CE, CRB3, CRB4, CRB5 e a UFC seminário em Salvador, Recife e Fortaleza para falar sobre Novas tecnologias da informação e o Marketing para Bibliotecas.

A palestrante é a bibliotecária alemã Dra Hannelore Vogt - Diretora da Biblioteca Pública Municipal de Würzburg veja mais detalhes desta palestra que aconteceu em 2007
A Dra Vogt publicou na conferência anual de biblioteconomia da África do Sul um artigo em 2004 voltado para marketing em bibliotecas entitulado "Putting the Customer First" para aqueles que tem interesse no marketing em bibliotecas e a excelência no atendimento ao usuário vale a pena a leitura.
O seminário é pago e as datas são as seguintes
Salvador - 5 de maio de 2008
Título da palestra: A biblioteca como moderno centro de serviços tradicionais e virtuais.

Recife - 7 de maio de 2008
Título da palestra: Bibliotecas como verdadeiros oásis? Conceitos de marketing e de gerenciamento voltados aos usuários.

Fortaleza - 9 de maio de 2008
Título da palestra: Bibliotecas como verdadeiros oásis? Conceitos de marketing e de gerenciamento voltados aos usuários.
Inscrição em Fortaleza de 28/04 a 07/05 no DCI/UFC tel 85 3366-7697
Em Fortaleza teremos também uma palestra com o Prof. Dr. Tadeu Feitosa do DCI/UFC
Título da palestra: Bibliotecas Publicas Cearenses: o global e o local em busca de dialogo.