terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Sites de Biblioteca para dispositivos móveis

Muito se tem discutido sobre a aplicação de dispositivos móveis na educação com o uso de tablets e o acesso aos sistemas da biblioteca pelo celular como como é isso?? Quero dedicar este post ao assunto que envolve a formatação do site da biblioteca para o acesso por dispositivos móveis em especial os celulares.
Algumas questões muito delicadas tem que serem abordadas:
Que dispositivo adotar? E qual o sistema que este dispositivo utiliza?
É certo que vemos vários smartphones surgindo e sabemos quais são os top de linha diga-se iPhone e todos os dispositivos com sistema operacional Android com tela de 4,3 polegadas, o importante é saber que modelo de website para dispositivos móveis a biblioteca deve ter para oferecer seus serviços a um usuário cada vez mais móvil e interativo.
Pensando nisso fiz um overview do artigo de Travis e Tay para poder apresentar aos bibliotecários brasileiros uma lista básica, que de acordo com a plataforma escolhida (iOS-iPhone, Android, Blackberry, Windows Phone, sem falar de outras menos usadas) o site da biblioteca pode ter:
- Horário de Funcionamento: incluir abertura e fechamento, isso ajuda ao usuário desesperado a encontrar um local para estudar para os exames finais.
- Espaço para Contato: pode ser via email, chat, ou até número de telefone desde que ao ligar o usuário seja atendido ou respondido.
- Endereço da biblioteca: com os dispositivos móveis disponibilizando GPS cada vez mais é possível incluir neste item desde o mapa do Google Maps como objeto incorporado no site, posicionamento global com coordenadas de latitude e longitude como texto, como também o endereço da rua para o envio de algum documento.



Todos estes anteriores podem ser escritos com um HTML básico.
Em seguida toda biblioteca deve oferecer links formatados numa tela de dispositivo móvel para:
- Acesso ao campo de busca no catálogo;
- Acesso a base de dados que a biblioteca assina;
- Perfil da biblioteca nas mídias sociais (Facebook, Twitter, Orkut, Delicious, etc)
- Links para Guias, FAQs e Notícias da Biblioteca.

E por último se a biblioteca tiver uma boa estrutura pode também oferecer links para:
- Reserva da sala de reunião e do laboratório de informática
- Webcam para ver como a biblioteca está ocupada
- Reserva, Renovação de Itens do Acervo.

A biblioteca da Universidade de Bath também está se aproveitando da tecnologia embarcada nestes dispositivos para também oferecer a tecnologia do código de barra QR (Quick Review) que todos conhecem mas acho que ainda não sabiam para que tipo de aplicação ele pode ajudar. Isto pode ser visto no link que apresenta o serviço de catalogação com o uso deste etiqueta de código.
Para finalizar um checklist foi elaborado por Travis e Tay para formatar o site da biblioteca para os celulares e coloco aqui a lista completa:
- Colocar na página do site original biblioteca um link para a página formatada para o celular com endereço m.nomedapaginadabiblioteca.br (o m indica mobile)
- Na página formatada para o dispositivo móvel colocar um link para a página original. (isto evita problemas com usuários que estão acostumados com o design da página original)
- O tamanho da tela deve ser um destes (176x220 ou 128x160 ou 320x480)
- Velocidade de carga compativel com W3C.
- Quanto ao visual:

  • - O texto e o fundo de tela deve ter contraste suficiente
  • - Informação em gráfico deve ter descrição em texto compativel
  • - O logotipo da biblioteca deve ser compativel com o tamanho da tela
  • - Links para formatos de telas de diferentes dispositivos
  • - Links intuitivos
- Quanto a navegação:
  • Deve possuir uma página principal descritiva
  • Deve ter espaço suficiente entre os links para evitar problema de acesso touch screen
  • Navegação vertical e horizontal que de acesso a outras páginas
  • Evitar ao máximo muita navegação para outros links
- A formatação deve também permitir a entrada de letras, números e caracteres para inserir senhas ou códigos diversos no catálogo da biblioteca.
- Os menus devem ser formatados de acordo com a tela do dispositivo móvil.
Resumindo os links devem ser pequenos para caber numa tela minúscula que permitam ao usuário se sentir satisfeito e confortável ao navegar no site da biblioteca caso contrário o projeto não terá sucesso.

Nenhum comentário: