sábado, 12 de abril de 2008

Séries Grandes Bibliotecas - Europa 2a parte




No mês passado no dia 12 iniciei uma série que será mensalmente publicada com 5 grandes bibliotecas da Europa. Este mês continuo a série agora destacando bibliotecas mais do lado oriental do velho continente, porém que possuem também grandes dimensões. Fiz a questão de colocar duas da Russia pela quantidade de volumes que existem nelas duas. Caso queiram mais informações visitem o portal European Library.

Kongelige Bibliotek
Biblioteca Real da Dinamarca fundada em 1653 como Biblioteca Nacional da Dinamarca em Copenhagem, possui uma coleção de 4,6 milhões de livros, periódicos e jornais. Possui em seus serviços tecnológicos o acesso remoto sem fio, computadores com internet, serviço de digitalização, cursos introdutórios de internet, entre outros. Sua coleção é formada por itens de ciências da saúde, sociais, humanas, naturais, teologia e biblioteconomia e ainda possui uma coleção específica de itens orientais todos concentrados na Universidade de Copenhagem.

Koninklijke Bibliotheek
Biblioteca Nacional da Holanda fundada em 1798 tornou-se a Biblioteca Nacional em 1982 e hoje possui acervo superior a 3,5 milhões de ítens, formado principalmente por assuntos relacionados à história holandesa, manuscritos medievais, trabalhos de bibliófilos, impressos de figuras famosas como Cervantes, Joana D’arc, Dante, Goethe, entre outros dispostos ao longo de 75 mil metros quadrados de área. Possui serviços de RSS, preservação digital, biblioteca digital, lista de discussão, acesso sem fio, acesso à bases de dados on-line entre outros.

Russian State Library
Biblioteca Estadual da Rússia é uma das maiores do mundo possui itens do acervo em 247 línguas diferentes distribuídos em 3 andares e está localizada em Moscou. Sua coleção ultrapassa 42 milhões de itens e o acervo é composto de mapas, registros de música, obras raras da memória da literatura russa. Os assuntos envolvem coleções orientais (800 mil itens), biblioteconomia (600 mil cópias), literatura militar (600 mil edições), entre outros. Seus catálogos possuem informações sobre livros e folhetos que foram publicados desde o século XVI. Entre os serviços disponibilizados existe o catálogo on-line e uma biblioteca digital. Possui um monumento à Dostoievsky na sua frente.

Bibliothèque Royale de Belgique
A Biblioteca Real da Bélgica datada do século XV originalmente chamada librairie de Bourgogne, a biblioteca foi aberta ao público somente em 1772. A biblioteca atual está numa área de 13 mil m2 no complexo Mont des Arts em Bruxelas. Com 4 milhões de volumes contem 300 manuscritos da Biblioteca do Duque da Burgúndia. A biblioteca oferece os serviços de biblioteca digital, e a digitalização de 30 jornais belgas desde Outubro de 2007 até então. O processo de atualização da biblioteca está em andamento para a troca do sistema de gestão da biblioteca.

National Library of Russia
A Biblioteca Nacional da Rússia fundada em 1795 está localizada em São Petersburgo é considerada uma das mais antigas e maiores do mundo, ela possuía em seu acervo 34,5 milhões de itens em 2005 onde cerca de 6 milhões em línguas diferente do russo. Sua coleção é composta por obras da história russa que incluem cartões postais de São Petersburgo, literatura da Ásia (China, Japão, Iran), mapas, manuscritos que datam do século X antes de Cristo (gregos, russos, orientais e ocidentais), entre outros e a coleção Rossica que envolve publicações sobre a Rússia desde a época de Napoleão. Oferece uma biblioteca digital, serviços de referência, etc.
Próximo mês teremos mais países entre eles a Grécia, Vaticano, Austria, Portugal e Polônia.

E aí o que acharam?? Comentem!!

Nenhum comentário: