segunda-feira, 12 de maio de 2008

Série Grandes Bibliotecas - 3a parte



Continuando com a nossa série das grandes bibliotecas chegamos à 3a parte dela. Desta vez abordando as bibliotecas da Grécia, Hungria, Irlanda, Islândia, Finlândia e não posso deixar de esquecer a dos nossos patrícios e ancentrais, a de Portugal.
- Finlândia - Biblioteca Nacional da Finlândia - situada em Helsinque possui em seu acervo 2.6 milhões de ítens alguns da época de 1640 tendo passado pelo império russo. Em sua coleção existem papiros do século 3 a.C. e o livro mais velho impresso na Finlândia. Possui bases de dados voltadas para a cultura finlandesa e uma base estatística de todos os ítens do acervo que formam a rede de bibliotecas do país.
- Grécia - Biblioteca Nacional da Grécia situada em Atenas, possui uma construção atualmente toda ela em mármore com apenas 2.500 m2, porém segundo texto da Joanna Demopoulos a biblioteca está com uma série de problemas pelo pequeno espaço (acervo de 1.000.000 de ítens) e um sistema com dois catálogos que serão resolvidos com os projetos de modernização que estão em andamento.
- Hungria - A Biblioteca Nacional da Hungria fundada em 1802 tem o nome do aristocrata húngaro conde Ferenc Széchényi. Em 1846 foi construido um prédio para abrigar a biblioteca e o Museu Nacional da Hungria mas em 1949 eles foram separados para finalmente em 1985 ele se mudar para o Buda Castle Palace. Possui 7 milhões de ítens em seu acervo sendo 2 milhões de livros e o restante manuscritos, periódicos, mapas e partituras musicais. Em sua coleção está presente o primeiro livro editado na Hungria em 1473 chamado Chronica Hungarorum. Possui ainda o projeto de uma biblioteca digital renascentista chamada Bibliotheca Corviniana Digitalis.
- Irlanda - National Library of Ireland a Biblioteca Nacional da Irlanda está situada em Dublin foi estabelecida em 1877 e o atual prédio é datado de 1890. E sua biblioteca digital que faz parte do projeto da biblioteca digital européia possui em sua coleção manuscritos e fotografias digitalizadas da cultura irlandesa.
- Islândia - Landsbókasafn Íslands – Háskólabókasafn - Biblioteca Nacional da Islândia - situada em Reykjavik possui um acervo de 450.000 volumes e 14.000 manuscritos foi estabelecida em 1818 e o novo prédio teve sua construção completada em 1994 compreende a biblioteca nacional e a universitária da Islândia e possui em sua coleção principalmente títulos estrangeiros e uma coleção especial de trabalhos de dois autores famosos daquele país (Halldór Laxness and Jón Sveinsson). Possui uma biblioteca digital (timarit.is) com itens digitalizados de periodicos das Ilhas Faroe, Groelândia e Islândia.
- Portugal - A Biblioteca Nacional de Portugal situada em Lisboa, foi criada em 1796 com o nome de Real Biblioteca Pública da Corte possui entre os seus tesouros a Bíblia de Cervera, precioso iluminado hebraico do séc. XIII e a invenção de Gutenberg, a Bíblia de 42 linhas (1454-55). Possui ainda uma biblioteca digital que traz uma coleção composta de ítens dos autores José Saramago, Alberto Caeiro(Fernando Pessoa), Bocage e Florbela Espanca.
Lembrando aos que visitam sempre este blog, todo dia 12 de cada mês teremos um conjunto de grandes bibliotecas para apresentar.

Nenhum comentário: